Categories
Vale Assassina

E com o “crime” está confirmado que o maior risco não são “incidentes ambientais”. O maior risco é a falta de planejamento e adequado uso da técnica, a irresponsabilidade, a corrupção e a falta do devido controle ambiental de suas atividades por parte da Vale S.A.

Formulário 20-F
RELATÓRIO ANUAL, DE ACORDO COM A SEÇÃO 13 OU 15(d)DA LEI DE MERCADO DE CAPITAIS DE 1934
RISCOS DE SAÚDE, SEGURANÇA, AMBIENTAL E SOCIAL

Nossos negócios estão sujeitos a incidentes ambientais, de saúde e segurança.
Nossas operações envolvem o uso, manuseio, armazenamento, descarga e descarte de substâncias perigosas no meio ambiente e o uso de recursos naturais, resultando em riscos e perigos significativos, incluindo incêndio, explosão, vazamento de gases tóxicos, derramamento de substâncias poluentes ou outros materiais perigosos, deslizamentos de rochas, acidentes envolvendo barragens, falha de outras estruturas operacionais, bem como atividades envolvendo equipamentos, veículos ou maquinários móveis e outros incidentes e acidentes potencialmente fatais. Podem ocorrer incidentes devido a deficiências na identificação e avaliação de riscos ou na implementação de gestão de riscos robusta e uma vez que esses riscos se materializam, eles podem resultar em impactos ambientais e sociais significativos, danos a ou destruição de minas ou instalações de produção, ferimentos, doença e mortes, envolvendo funcionários, prestadores de serviços ou membros da comunidade circunvizinha às nossas operações, bem como atrasos na produção, prejuízos financeiros e possível responsabilidade civil. Além disso, nossos funcionários podem ser expostos a doenças tropicais e contagiosas que podem afetar sua saúde e segurança. Não obstante nossas normas, políticas, controles e procedimentos de monitoramento, nossas operações permanecem sujeitas a incidentes ou acidentes, que podem afetar de maneira adversa nossos negócios, nossas partes interessadas ou nossa reputação.

Baixe o arquivo anexo:

Vale 20-F 2019_p paginas 39 e 40

Saiba mais aqui, páginas 39 e 40:

https://sec.report/Document/0001047469-20-002065/#bu73301_risk_factors